sábado, 21 de agosto de 2010

3 Um lugar para que eu amanheça.

Morar numa casa de paredes alaranjadas, é viver amanhecendo. Quando Adélia Prado me ensinou isso, minha casa não era da cor do sol.
Mudei-me para uma casa com paredes laranjas e amarelas e é realmente como se amanhecesse o tempo todo.
Eu acordo e reinvento, e recomeço e começo, e brilho, e choro, e sorrio.
As paredes que não são da cor do sol, sãoi verdes. E de que cor pintamos a esperança de quem acredita no recomeçar?
Paredes amarelas, laranjas e verdes, para que eu viva de amanhecer.
Uma varanda pra sentar e ver a lua com seus raios (ou não). Eu sempre quis um lugar onde eu pudesse amanhecer diversas vezes durante o dia.
Se eu soubesse, teria pintado as paredes de laranja e amarelo há muito tempo atrás!
Related Posts with Thumbnails