sexta-feira, 29 de junho de 2012

Ele tinha planos, e ela tinha pressa.
Ele a olhava dormir, e sempre acariciava seu rosto pela manhã. Achava bonita aquela beleza natural, de pele limpa, alma exposta. Ela era uma pessoa ruim de manhã, e mesmo assim, ele gostava dela.
Ela se maquiava enquanto escovava os dentes e penteava o cabelo dos filhos. Ele admirava sua pele sendo coberta pelo corretivo e sorria.
Estava parado na porta, vendo ela mascarar a pele. Ela tinha pressa de esconder todas as marcas. Ele era capaz de admirar as marcas.
Ela dormia tarde. Ele acordava cedo.
Ela dançava sozinha, como se os olhos atentos dos críticos não a incomodassem, e ele, fazia coro aos críticos.
Ele queria ela. Ela queria o mundo inteiro.
Serviam-se do mesmo café, que ela preparava do seu jeito: Fraco e doce. Ele nunca reclamou.
Ele só reclamava do barulho que ela fazia.
E ela chorava pra tentar se calar. Mas não suportava mais. Ela não suportava mais.
Quando ficava em silêncio, ai é que todo seu corpo gritava, pedia socorro e ela resolveu escutar.
E correu.
Correu e correu. Porque ele tinha planos, mas ela...ah..ela como sempre, tinha muita pressa.


domingo, 24 de junho de 2012

Eu sempre tive as melhores. AS MELHORES.
Não, eu não as escolhi. Elas me escolheram. Eu poderia ser a amiga de tantas garotas quantas me quisessem nesse mundo, mas acabei sendo escolhida pelas melhores. SIM, AS MELHORES.
Tenho uma pilha de grandes mulheres, que são as irmãs que me escolheram e as que eu não quero ver partir.
Choro pelas que foram, mas ninguém sai de um lugar onde é feliz.
Se abrem as portas e desocupam minha varanda é pq não sorriam como as que permanecem agora, sentadas comigo.
E eu, que sempre escolho a palavra "desculpa" e acho que "Faço tudo errado sempre", troco o tema do dia e digo "Obrigada" para as melhores do mundo.
Obrigada por serem, por ficarem, por permanecerem.
Obrigada GATONAS, Obrigada Trio Ternura. Obrigada Amigas de todos os tempos, das que ficaram por pouco tempo, por muito tempo, pra sempre.
Obrigada por me fazerem ser melhor, por me fazerem acreditar nas pessoas.Obrigada por me darem cor, quando tudo estava cinza, por me darem músicas quando tudo foi silêncio, e principalmente, obrigada por lerem quem eu sou calmamente. Não é possível me amar de verdade antes do terceiro capítulo.
E eu acordei nostálgica,e acordei feliz.



"Acho que o amor era muito pouco pra gente, dai inventaram a amizade..."
 '
Related Posts with Thumbnails