terça-feira, 19 de junho de 2012

Ela olhou no espelho e gostou do que viu.
Não estava mais com a marca cinza que costumeiramente carregava nos olhos, não tinha mais o sorriso cansado que a estava acompanhando.
Ela estava dando sorrisos de verdade para ela mesma, como não dava já fazia algum tempo.
Estava sozinha. SOZINHA.
Não tinha mão nenhuma para procurar quando acordava, mas podia contar com as suas para levantar das quedas que não paravam de acontecer.
Tinha medo, mas agora, quando olhou no espelho, sem querer, só porque o espelho estava diante dos seus olhos, gostou do que viu. E sentiu uma vontade imensa de viver.
Ela gostou do que viu, porque estava na claridade agora. Sem sombra ofuscando seus olhos, ela pode ver: Uma adulta. Uma mulher. Sozinha. Feliz. Resolvendo-se. Descobrindo-se. 
Uma mulher bonita, até. Especialmente quando sorria.
Mas quem a conhece sabe: ela sorri o tempo todo.


Related Posts with Thumbnails