terça-feira, 21 de setembro de 2010

2 Muda #not

Fazia barulho o tempo todo: seus sapatos sempre tocavam o chão com estalidos, espancava os teclados para escrever, falava ininterruptamente, comia e bebia com ruídos e quase nunca se importava com seus sons.
Seu tom era vibrante, quase nunca em nude, muito raro em cinza.
Seus barulhos irritavam. Quase sempre a ela mesma.
Gritava dentro de si: “Me façam calar! Me façam calar!”
Mas eram tantos os barulhos que ela fazia, que ninguém ouvia, ninguém seria capaz de escutar.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

5 Caminhada matinal, o retorno

Grandes questões da humanidade às 9 da manhã:

Quando um homem buzina pra você ele tem orgasmo?
Jingle de político tem mensagem subliminar? Por que é impossível esquecer o "Boeiraaaa, Boeiraaaa, eu voto em Boeiraaa"?
Quando alguém grita "Seus corno é shows" ou "Ooooh Barbaridade!"é elogio?

Tô tentando ser engraçadinha, então podem deixar um comentário do tipo "hauhauhauahua".
Obrigada.
Beijo Mãe!
Related Posts with Thumbnails