quinta-feira, 27 de agosto de 2009

7 Heroína? Só de for na veia.

Precisamos criar heróis que mudam o mundo através de magia e poderes sobrenaturais porque não somos capazes de criar bons seres humanos.
Inventamos e tentamos ser super heróis todos os dias, fazendo ou ao menos tentando fazer tudo o que nos mandam, tudo o que gostaríamos e tudo o que vimos como necessário. E se não bastasse ter milhões de coisas para fazer é preciso ser o melhor em todas elas.
Eu não preciso de super herói! Eu preciso de pessoas que chorem quando ouçam uma canção, ou sorriam enquanto lêem um livro. Preciso de gente que veja um filme com emoção, e que aprecie as cores do arco íris. Eu preciso de alguém que seja um bom humano, e que tenha uma fidelidade canina.
O mundo precisa de pessoas que olhem nos olhos e dêem firmes apertos de mão.
É preciso educar nossos filhos para reconhecerem e valorizarem um bom amigo, é preciso ensinar nossos filhos que os super heróis de quadrinhos não sabem o que é perder a namorada, ficar desempregado ou pegar catapora. Nossos filhos precisam saber que o que realmente importa não é a cor dos olhos, mas sim o que se pode ver dentro deles.
Não preciso de um super herói, que seja perfeito, decidido, forte. Eu preciso de seres humanos que sejam éticos, tenham senso de humor e saibam fazer origamis.
Não quero que ninguém se sinta obrigado a me fazer feliz, mas quero que as pessoas se empenhem um pouco nisso: em fazer alguém feliz.
Não, eu não preciso de um super herói. Eu tenho meus amigos.

Alguns não tão amigos me incentivam a mostrar a bunda no BBB e meu senso de humor no Jô Soares. Pensa que não sei querem me ver passar vergonha!
Alguns seguram minha mão enquanto os outros comem pizza. Alguns ficam presos em banheiros de portas esquisitas, ou então em banheiros de ex-zona. Alguns me contam seus segredos enquanto comemos pastel de chocolate. Alguns de meus queridos amigos moram longe, me matando de saudades. Meus amados amigos me contam novidades inusitadas por telefone e às vezes esquecem de me telefonar. Meus amigos são lembrados com um cheiro, um sabor, uma flor, uma fruta, uma cor. Acessórios, canções, poemas e promessas me lembram de meus amigos. Os verdadeiros e os melhores.
E se o mundo tivesse mais pessoas como eles, com toda a certeza, não precisariam criar super heróis. Bastariam pessoas.

7 comentários:

silxata disse...

"Não, eu não preciso de um super herói. Eu tenho meus amigos...E se o mundo tivesse mais pessoas como eles, com toda a certeza, não precisariam criar super heróis. Bastariam pessoas."

Apenas destaco a beleza desses trechos...a nobreza da amizade é um acontecimento ímpar, como costumo dizer, é a família que escolhemos para nós! E nossa vida toma um rumo diferente ao ter pessoas assim para compartilhar os dias de sol e chuva!
Dê, lindo texto...

p.s. Desculpe a colocação sobre o "BBB"...vc, sem resquício algum de dúvida, não se enquadro no que disse e sabe muito bem disso!
Aliás, ´para mim, é certamente uma exceção aquilo tudo, mas ainda assim vc deseja vivenciar tal experiência...não posso julgar alguém como vc. Devo sim, o respeito e a admiração de modo muito sincero!

T1460 disse...

Eu não criei ser mágico nenhum! Muito pelo contrário, sempre lutei contra todas as formas de fantasia que dominam a mente humana. Quanto a tentar fazer o melhor em tudo, não vejo problema nenhum, a não o excessivo cansaço e frustração ao saber que nunca chegaremos a tanto. Mas ainda podemos ser os melhores em áreas específicas.

E você foi extremamente injusta com os super-heróis de quadrinhos, principalmente os criados pela Marvel Comics, que são mais "humanos" que os concorrentes, da DC Comics. Tony Stark/Homem de Ferro sofre de alcoolismo, Bruce Banner/Hulk tem um sério problema de dupla personalidade, Wolverine não lembra do seu passado, só para citar os mais famosos (e o "maior" problema de cada um)... Mas a representação máxima do que quero expressar é Peter Parker/Homem-Aranha. Apesar da identidade secreta (ou principalmente por causa dela), ele costuma ter sérios problemas com família, amigos, namorada, faculdade, que pioram cada vez que ele fica mais super-herói e menos humano.

Ricardo Chicuta. disse...

Eu,aqui do meu lado,preciso de uma super Heroína.Que me aguente e que me faça um pouquinho feliz,só um pouquinho,nem quero muito.

.duas doses de desdém disse...

Que linda!!!! me emocionei, assim como me emocionei lendo tusa cartinhas de niver hj de novo! fada Ágda luz...só vc, Deise...só vc!

Mi disse...

Creio que fui citada... Saudade, descomunal.

PutzGraça!!! disse...

Mostrar a bunda pro ou no Jô? Não tínhamos pensado nisso. Tem a ver com o BBB? Mostra lá e manda o vídeo? Sabe que pode dar certo? Temos que desenvolver a idéia. Assim, à primeira vista não é só chegar e ir mostrando. Deve ter algum lance bundal. A bunda por si só pode achamos que é imostrável. Olha, é instigante a coisa toda, vamos pensar, vamos pensar. Ah! Como tu tá de celulite?

Agridoce disse...

adorei

Postar um comentário

Oi? Você vem sempre aqui?

Related Posts with Thumbnails