quarta-feira, 3 de março de 2010

Meu humor assim como eu não é algo extremamente confiável. Então vou ignorar a vontade de cortar os pulsos de hoje a tarde e declarar que eu sou uma pessoa feliz. Instável, porém feliz.
Sei que não sou daqui, sempre soube. Mas como conviver e fazer feliz quem é "normal"?
Não que eu seja melhor, eu só sou diferente. E isso quase sempre é ruim.
Porque quando você não é feito naquela fôrma, daquele jeito que todo mundo é, geralmente vc é mal interpretado.

Tenho quase certeza, que eu não sou daqui!

E sim, diário é blog, se eu quiser! (QuiZer é pra gente burra Deise Duarte!)

7 comentários:

Caminhante disse...

*pode apagar depois de ler. Gosto quando meus amigos me corrigem e acho que você tbm não vai se ofender*

quizer -> quiser

Deise Duarte disse...

Eu sempre erro o quiser. hahaha

Anônimo disse...

Querida, Dê!

O bom de "não sermos daqui" é que acabamos conhecendo seres que também não são, a isso chama-se amigos...eles aceitam nossas crises existenciais e permanecem para ajudar a arrumar a bagunça depois que a festa acaba...

Não se preocupe pelo humor pouco confiável (também tenho dias absolutamente azedos e acompanhados de uma língua deveras afiada!!!), pois só conta o caractér que eu sei que posso confiar....

Seja só a Dê, doce, azeda, amarga, salgada, mas jamais insossa!

Bjocas da Galega!

Ricardo Chicuta. disse...

No meu mundo ser diferente é bom.Mas meu mundo não é o mesmo mundo das pessoas "comuns" eu acho.

Luciana disse...

Foi eu que escrevi?rsrs,poderia ter sido já que me sinto e penso exatamente assim.

Bjoooooooo

Kellen Rodrigues disse...

Lembrei da música: "eu não sou daqui, eu sou de marte".
Tu é verde?

Dai disse...

Hum..adorei a frase com a musica do Renato.
Tambem acho que estou a passeio por aqui, mas estou ate me adaptando..

Beijinhos..otima noite pra ti!

Postar um comentário

Oi? Você vem sempre aqui?

Related Posts with Thumbnails