domingo, 30 de maio de 2010

2 Sonhos

Não tenho conseguido lembrar dos meus sonhos. Na verdade, acho que devaneio tanto quando acordada que acabo misturando tudo e não consigo distinguir que uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa, mas eu lembrei do que sonhei essa noite.
Sonhei que ganhava um livro com uma capa linda (parecia a capa do Atlantis, que eu nunca consegui ler, mas é uma PUTA capa!) e com uma dedicatória de três páginas. Nunca vi livros terem dedicatória tão longas, mas creio que a pessoa que me deu o presente tinha muito pra me falar.
Acordei chorando diante de tanto carinho, emocionada especialmente com a última frase "Até breve..." porque quem me deu esse presente, muito provavelmente não vai me ver nunca mais, quem dirá em breve.
Foi bonito. E triste.
Mas eu ando achando tudo que é triste bonito.
E agora eu lhes pergunto, telespectadores, como Freud explica isso?

2 comentários:

PutzGraça!!! disse...

Freud explica assim: um sonho desses indica que algum idiota vai entrar e fazer um comentário nada a ver no seu blog. E aí vai: Deise falou de uma puta capa e, na lata, lembramos de uma capa de puta. Da Playboy. São várias, uma mais puta que a outra. Ah Freudinho, corno filho-da-puta.

Deise Duarte disse...

Hahaha. E eu sabia que quem mais ia me ajudar era o SeuPutz. Sempre tão perspicaz e inteligente!

Postar um comentário

Oi? Você vem sempre aqui?

Related Posts with Thumbnails