domingo, 25 de abril de 2010

1 Fui viver e já volto!

Quando um Leão Covarde pede colo para uma garotinha frágil e todos os sonhos que um dia existiram no coração ausente de um Homem de Lata se vão. E o raciocínio perdeu-se há tempos, como se eu fosse um espantalho que fala. O cérebro não comanda, não manda, não fala.
O medo é maior que tudo agora. Mas eu Vou até Oz, vou até o fim do mundo, vou pro inferno e volto rindo, mas não caibo mais aqui.

1 comentários:

Luciana disse...

Acuma?
Amiga,sou(estou)loira,então PLEASE aperte a tecla SAP pra mim!!!
Vai dar um tempo do blog?ou é só uma analogia(Tô com medo do pó descolorante estar fazendo mal meeeeeeeeeesmo pra mim rsrs)

Postar um comentário

Oi? Você vem sempre aqui?

Related Posts with Thumbnails